jusbrasil.com.br
20 de Julho de 2019

O pior cliente é o estudante de Direito?

Quando seu trabalho está em cheque o tempo todo.

Eduardo Pedro Gonçalves, Advogado
há 4 meses

  É difícil falar mal de um estudante de Direito. Afinal todos fomos estudantes um dia. Considerando todos os desafios que virão pela frente, o normal é até mesmo sentir muita compaixão.

  Mas tenho aqui algo pra compartilhar e que serve um pouco pra puxar a orelha dos atuais estudantes de Direito, quiçá colegas de trabalho um dia: tenham humildade. Humildade de reconhecer que em todas as atividades humanas o clima ideal é de colaboração e não de competição desenfreada.

  Atuei como advogado substabelecido em 2 processos cujos clientes ou parentes de clientes eram estudantes de direito. Que inferno !!

  "Dr. Eduardo, qual o próximo passo? Não é melhor fazer assim e assado? O que o Sr. pensa do escritor Fulano? Tem jurisprudência a esse respeito? Porque o Sr. está pedindo pra entregar agora se o prazo é de 15 dias?" E por ai foi...

  Advogar não é um passeio no parque. Requer estudo, atenção, experiência que vai sendo adquirida, e bastante prática. Por isso, entre as situações hipotéticas que aparecem no quadro negro da sala de aula e os casos concretos que aparecem na vida real vai uma enorme diferença.

  Então, se quiser aprender com advogados, caro amigo estudante, desça dos tamancos, explicite sua intenção de aprender e por favor, não saia distribuindo ordens e perguntas. Porque ninguém é obrigado.

  Sabe como me senti? Como aqueles médicos que assim que o paciente senta já tira uma folhinha do bolso, impressa do Google, já dizendo qual é o seu problema. Não há nada demais em dar uma olhada no Google, mas é um desaforo chegar com o diagnóstico pronto no consultório. Eu não tem esse tipo de paciência, já diria logo: "Bom, já tem o diagnóstico, pede pro Google lhe receitar o remédio".

  Talvez você, amigo estudante, pense que é arrogância da minha parte. Mas é justo o oposto: um dia, e esse dia chegará, você estará advogando e terá que prestar contas ao seu cliente. Se ele for um estudante chato lhe dando ordens e te enchendo de perguntas você vai entender o ponto de vista que estou tentando passar aqui.

  De qualquer maneira, recomendo aos estudantes um pouco de humildade e aos advogados, paciência. Porque a vida em sociedade requer paciência e harmonia.

  Um grande abraço a todos. Paciência e Força sempre!

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)